Oficina Arte Integrativa Feminina I – Criatividade, Expressividade e Arte Terapia para Mulheres

Resultado de imagem para feminine art

Oficina de Arte Integrativa Feminina I – Criatividade, Expressividade e Arte Terapia para Mulheres – Temáticas do Feminino – Shakti Kala / Qoya Kapchiy: 

(inclui Danca Integrativa Feminina – Shakti Yoga Dance – *)

Esta oficina faz parte da programação paralela, independente do Programa do Sagrado Feminino e também apoio do encontro do Sarau Essência Feminina que iniciara no segundo semestre de 2019 (ver aqui: http://qoya.shakti.org.br/saberes-ancestrais-sagrados-femininos/sarau-feminino-arte-integrativa-feminina/).

  • Reconectando-se a Jornada do Divino Feminino através da Expressividade Artistica ecologica – trabalhando arquétipos femininos e as etapas do caminho sagrado feminino – Arte e Saúde, fisica e psíquica

. A Oficina tem como grande objetivo o auto conhecimento e conexão com o feminino imanente e transcendente através da expressividade artistica, visto que as aulas constituem-se, ao longo de todo o processo, de trabalhos físicos; criativos e meditativos.

. Tais métodos lidam com o treinamento e a aplicação da energia terrena e cósmica, da Mãe Terra e da Feminilidade Essencial pessoal da mulher e feminilidade ‘coletiva’ / planetária e cósmica,  para nossas inúmeras necessidades, particularmente a saúde, a força interior, o desenvolvimento mental, o crescimento e despertar espiritual, e pode ser utilizado por qualquer mulher que esteja receptiva para está sabedoria e ‘técnicas’.

Programa:

> Exercícios para desenvolver ou despertar a criatividade, a sensibilidade artistica e a expressividade artistica utilizando ferramentas expressivas das diversas modalidades artísticas (escrita, musica, artes plásticas e afins).

> Praticas para harmonia do corpo-alma e reconexão espiritual

> Em relação a expressividade corporal, propomos movimentação e reflexão sobre o corpo na arte, como na performance cênica, na dança e teatro; dinâmicas corporais que estimulam o movimento e a expressividade feminina (Danças Femininas, Movimento Expressivo Psicossomático).

> Saberes e Praticas básicas para despertar o feminino essencial na mulher através da expressividade artistica

Senhora da Arte I: Arte Integrativa Feminina I

Resultado de imagem para feminine art danceEste curso é independente mas também faz parte do Programa de Cursos para formação de Facilitadoras em Círculo de Mulheres e Terapia Integrativa Feminina (SABERES E PRÁTICAS DO SAGRADO FEMININO. )

– Criatividade e Expressividade artes corporais, literarias, musicais, – inclui Dança Integrativa Feminina I ( *)

–  criatividade e expressividade em artes visuais e plasticas – cálices, vasos, piras, acessórios para uso pessoal (p guardar mantras, especies de talisma) colar pedras cristais – esculturas femininas, mandalas etc –

(48hs presenciais)

Detalhes para as atividades expressivas corporais:

(*) Danca-teatro Integrativa Feminina

– Práticas básicas da Dança Integrativa Sagrada Feminina – Shakti Yoga Dança – Movimentos essenciais para harmonização e reconexão da mulher com seu corpo físico, etérico e emocional (astral) e sua essencia feminina (Shakti / Qoya / Cy / Auset)

Programa:

 – Aspectos básicos do feminino essencial ou a feminilidade essencial (pela abordagem do Yoga, sabedoria oriental e da psicologia ocidental) – A ‘bela adormecida’ desperta para seu caminho sagrado – De princesa cativa a rainha soberana e companheira: A Shakti Guia (nosso poder interior individual que integra todos os demais poderes ou Shaktis – o aspecto feminino de nosso Eu Superior ou Self)

– ‘’Movimento Expressivo Psico-Somático” – MEPS –  Práticas Expressivas, Psico-Somáticas e Integrativas – Práticas Corporais Integrativas Expressivas Criativas (**)

> Corporalidade Feminina e Formas Simbólicas:

 –  Posturas e movimentos para consciência e expressividade corporal, alinhamento, flexibilidade e fortalecimento corporal (gerais e especiais para o corpo feminino utilizadas na prática do yoga físico-energético e danças ancestrais orientais femininas) – nível básico.

– Movimentos corporais para coordenação corporal,  ritmo, fluidez – soltura da cabeça-cânio, tórax e quaril para purificação, harmonização hormonal e reorientação das energias sutis –  nível básico e repertorio de movimentos para inciar processo.

  • Cabeça (movimentos de giro, circulares, leminiscatas)

  • Torso – torax, cintura (movimentos ondulantes e batidos)

  • Braços (posturas indianas e flamencas; espirais)

  • Mãos (hastas; mudras; círculos; ondulações; dedilhados)

  • Cintura e Quadris (oitos, ondulações, batidas e vibrações)

  • Virilha e Pernas (movimentos de giro, leminiscatas)

  • Pés (enraizamento, percussões)

  • Giros

  • Uso dos níveis Alto, Médio e Baixo

  • Natya   – baseadas nas danças femininas – trabalhando cada arquetipo do feminino (cada aspecto de Shakti) Sequência coreografica livre de yoga dança Atma Shakti – Shakti Guia ou Aspecto feminino do eu Superior – Reconhecendo a Feminilidade Essencial e Sequência coreográfica purificação

  • Pranayamas – exercícios respiratórios para controle e direcionamento da energia. Bandhas –  fechos, bloqueios ou ‘contrações’ internas do corpo que usadas na prática do yoga físico-energético que ajudam no direcionamento da energia a determinadas partes do corpo, com o objetivo de estimular a energia essencial. – combina com exercícios de controle da musculatura pélvica e canal vaginal. –  Relaxamentos e afins /

  • Praticas contemplativas meditativas básicas

  • posturas para consciência, alinhamento, flexibilidade e fortalecimento corporal. Posturas especiais para o corpo feminino utilizadas na prática do yoga físico-energético indiana e taoista adaptadas e danças ancestrais orientais femininas – .

  • movimentos corporais para coordenação corporal,  ritmo, fluidez – soltura da cabeça-cânio, tórax e quaril para purificação e reorientação das energias sutis –.

  • Mudras –  selos –  gesto com as mãos e dedos que são usadas na prática do yoga físico-energético e danças ancestrais orientais femininas. – Dristhis – Olhar fixamente para um ponto – um ponto fixo da visão (externa e interna) durante a prática do yoga físico-energético e danças ancestrais orientais femininas.

  • Praticas Meditativas com Contemplações e Visualizações de conexão interior de níveis basico e intermediário incluindo Mantra etc – prática de mantras das Shaktis (especiais de conexão com as Shaktis pessoais, natureza e afins) com meditação focando na receptividade (estar presente – plena atenção) –  –

2 – A constituição sutil do corpo, os elementos da natureza (terra, água, fogo, ar, éter) e suas expressões mais superiores: As Shaktis (poder interior) dos Elementos/ da Natureza – Relações do Feminino em Movimento com o Tempo-Espaço – reconhecimento e integração a feminilidade essencial ou poder interior.

Relações do Feminino em Movimento com o Tempo-Espaço:

  • Ritmos e Percussão

  • novas matrizes de movimentos femininos

  • Movimentos em deslocamento Espacial

  • Improvisação basica

  • yoga-dança Shaktis dos elementos (= poder dos elementos) – Reconhecendo a Feminilidade Essencial através dos elementos e poderes da natureza )

Esses métodos trazem instrumentos para que criar suas próprias composições a partir de temas relacionados à questões femininas, socio-culturais, autobiográficas, comportamentais, psíquicas, arquetipais, mitológicas e espirituais femininas

3 – O corpo e a alma feminina em todas as suas formas e aspectos – Os arquétipos femininos: A essência feminina e seus aspectos de expressão primordial – O Eu-Feminino e suas Relações com o Meio.

  • Expressividade e Criatividade
  • Desenvolvimento de matrizes de movimento
  • Improvisações com mais repertorio
  • Jogos grupais de Improvisação e Contato
  • Desenvolvimento coreográfico a partir de Improvisação
  • Continuação – yoga-dança Shaktis – Reconhecendo a Feminilidade Essencial através dos elementos e poderes da natureza –
  • Dança devocional, ritualística, mistica/espiritual feminina
  • práticas especiais com as matrizes de danças étnicas femininas – movimentos repletos de simbologias relativas aos princípios femininos. – reativando Shakti através do corpo)
  • – Meditações com Visualizações de conexão interior de nível intermediário incluindo Mantra – prática de mantras das Shaktis (arquetipos do feminino) – Inclui também Visualização ou Imaginação Ativa. – Praticas Meditativas intermediarias –

4 – Os arquétipos femininos: A essência feminina e seus aspectos de expressão primordial (continuação) – O Feminino e a Criação Artística/expressiva e Espiritual – O Eu-Feminino e suas Relações com a Unidade e a Totalidade

– Reorganizando os treinos anteriores

– Exercícios de Imaginação Ativa por meio da Dança

– Trabalhando o yoga dança Shaktis Primordiais – Os arquétipos femininos  (Natya – dança livres baseadas nas danças femininas – trabalhando cada arquetipo do feminino (cada aspecto de Shakti)- ; improvisações e desenvolvimento de processos criativos integrativos. Além destes propósitos formais de capacitação expressiva;

(**) ‘’Movimento Expressivo Psico-Somático” – MEPS –  Práticas Expressivas, Psico-Somáticas e Integrativas –

Práticas Corporais Integrativas Expressivas Criativas

Artes do Corpo Orientais e Ocidentais para Saúde biopsíquica, harmonia e autoconsciência e melhor expressividade

Consciência e Transformação através de diferentes práticas expressivas, somáticas e integrativas livres e criativas.

O Método MEPS integra diferentes saberes da psicologia, antropologia e sabedoria orientais com as práticas de expressão livre utilizando e integrando principalmente as Artes corporais e expressivas; as ferramentas da dança, biodança, dança terapia, teatro, música, poema, pintura, artes orientais como Chi kung, Tai chi, Kun Nye, Yoga,  incluindo práticas meditativas e afins . O processo tem como objetivo promover consciência corporal, alinhamento corpo-mente, flexibilidade psico-física, transformação, autoconhecimento, despertar da consciência, criatividade, talentos em potencial, recuperar e/ou manter a saúde física e psíquica, romper fronteiras, barreiras, programações mentais negativas, elevar a autoestima, reconhecimento e desbloqueio de energia, padrões e de processos traumáticos, autorregulação; corpo saudável e mudança  no ritmo.  etc.

Os movimentos, os gestos são constituídos de psiquismo. Além dos aspectos mecânicos e biológicos, o movimento tem aspectos neurológicos e psicológicos, por isso a psique afeta no movimento assim como o movimento interfere na psique.

Movimento Expressivo Psico-Somático é baseado na síntese de diversas técnicas e saberes  orientais e ocidentais perenes, da psicologia, antropologia e saúde aplicando técnicas psicosomáticas e de Arte Meditativa Espontânea (ou Arte Integrativa Criativa). Integra os saberes e práticas orientais do Yoga indiano, do Tao chines como Chi Kung, Tai Chi, técnicas tibetanas como Kun Nie com os métodos ocidentais de preparação e expressão corporal, as artes do corpo como a Dança Circular Integrativa, Dança Terapia, Movimento Expressivo, Movimento Espontâneo, Movimento Consciente, Movimento Autêntico, Danças ‘terapêuticas’, Danças livres, Dança Teatro, jogos corporais e teatrais. Inclui treinamento ‘psico-mental’ como Técnicas de respiração e relaxamento (pranayama yoga), Técnicas Meditativas (Raja Yoga) de despertar e cura / visualização diretiva, imaginação ativa, mantras e sons , visualizações de despertar e cura.

Movimento Expressivo Psico-Somático é um método síntese das Técnicas e Práticas Integrativas e Complementares de cura, harmonia, reconexão, autodesenvolvimento e autoconsciência.

O MEPS  é uma prática integrativa pedagógico-‘terapêutica’ que objetiva a Consciência Corporal, a harmonia corporal e a integração corpo-mente e autoconsciência através da educação (reeducação) e ‘terapia’ do movimento, da expressividade, dança ‘terapia’, dança livre integrativa, movimentos expressivos, instintivos, intuitivos, conscientes, criativos, contemplativos, meditativos, terapia corpo-mente e práticas meditativas (conectando, integrando e harmonizando alma/psiquê-mente-corpo/cérebro, medula, nervos glândulas endócrinas principalmente).

O MEPS É uma técnica que une os campos dos saberes orientais (chinesa, indiana, tibetana e afins), arte e dança oriental e ocidental (dança terapia, dança teatral), dança integrativa, a sabedoria oriental e a psicologia ocidental (principalmente psicossomatica, jungiana, bioenergética, psicologia transpessoal e integral e afins), educação corporal/somática, linguagem corporal, fisiogonomia. Tem o objetivo de fazer o indivíduo adquirir o autoconhecimento, autoconsciência e desenvolver a criatividade, promovendo ainda a integração com sua própria essência, com a natureza, o cosmos (integração psiquico-espiritual) e na sua integração social. TI é uma prática de saúde física, emocional e mental.

“Tudo o que vivemos e sentimos é registrado não só na nossa memória mental, mas também no corpo através de tensões musculares crônicas: as couraças musculares”. Wilhelm Reich

‘As ‘couraças’ acabam impedindo o fluxo energético, limitando a expressão emocional e movimentos espontâneos. É através do corpo que experimentamos o mundo. À medida que as couraças vão se estabelecendo, a conexão mente-corpo diminui, limitando a autopercepção e dificultando o convívio com os outros e com o mundo. Tal situação é reforçada pelo estilo de vida moderno, no qual a predominância da “mecanização” limita nossos movimentos e formas de expressão, nos afastando cada vez mais do corpo e aumentando nossa predisposição a desenvolver doenças.’

Sentimentos e emoções não expressos e reprimidos (frustrações, medos, culpas, problemas com a questão sexual, padrões mentais destrutivos) criam tensões na musculatura do corpo, padrões posturais desarmoniosos, somatização de distúrbios físicos que gastam muita vitalidade e energia do nosso próprio sistema vital influenciando demasiadamente a qualidade de vida e de trabalho. Com o tempo essas tensões bloqueiam funções físicas como também emocionais essenciais, como amor, sexualidade, todo tipo de relacionamento, alegria, prazer, relaxamento gerando estresse, ansiedade e diversas enfermidades.

Benefícios:

. Reconhecimento, reconexão corporal físico-energética

. Reeducação postural e corporal (reeducação do movimento)

. Alívio do estresse

. Harmonia psico-física, melhorando a sáude integral e qualidade de vida e trabalho

. Melhora metabolismo e sistema linfático, ajudando assim a harmonizar o peso corporal

. Melhora o tônus muscular, porém de forma saudável, aumenta o equilíbrio, alinhamento, flexibilidade, resistência, relaxamento consciente (‘soltura’ do corpo, livrando-se de couraças e obstruções do corpo sutil – libertando o corpo denso e sutil)

. Fortalece o sistema imunológico e harmoniza o sistema hormonal (para mulheres ver tbem Dança Integrativa Feminina)

. Melhora a vitalidade

. Harmoniza o corpo sutil e ajuda na reconexão ao corpo mais sutil (mente de síntese, a alma)

. Melhora a respiração, a circulação sanguínea, sistema linfático

. previne e ajuda no tratamento de diversas doenças, principalmente auto-imunes e com agravamento pelo ansiedade e estresse

. Diminui dores e possivelmente ajuda a acabar totalmente dores no corpo

. Dissolve a rigidez física e psico-mental – Elimina a rigidez do corpo colaborando muito para liberal também a mente, a alma

. Ajuda a lidar com distúrbios psíquicos e mentais – desbloqueio físico e psico-mental

. Aumenta a capacidade de concentração, criatividade, expressividade e força de vontade

. Relaxa e ajuda muito o autoconhecimento e automotivação

. Melhoria de relacionamento interpessoal, entrosamento, comunicação, afetividade

. e mais…

Total: Parte I: 48 horas com certificado (85% de presença)

Coordenação, Organização e Facilitadora (geral): Aline Rodrigues (1)

Facilitadora e Organizacao (geral): Renata Pilger (2)

Facilitadora (dança): Daiana Dharmadevi (3)

Parceria: Studio Dharmadevi (4)